central de notícias

especializado em TV/por Guilherme Guidorizzi

Perfil – Lucinha Lins

A sofredora Zizi de “Vidas em Jogo” foi mais um papel marcante na carreira de LUCINHA LINS, que estreou na profissão como cantora, ao formar, com amigos, o Movimento Artístico Universitário. Lá conheceu o futuro marido, o cantor e compositor Ivan Lins. Ao lado dele, foi vocalista e percussionista, e, paralelamente, passou a gravar ‘jingles’ e se apresentou em festivais de música.

Em um deles, o “MPB Shell”, em 81, sagrou-se vencedora ao defender ‘Purpurina’. Quatro anos antes, Lúcia Maria Werner Vianna Lins havia gravado ‘Narizinho’ para o “Sítio do Pica-Pau Amarelo”. Não demorou muito e Lucinha foi descoberta pelo cinema e TV. Em 79, a atriz nascida no Rio em 9 de março de 1953 participa da série “Plantão de Polícia” e em 84, da minissérie “Rabo de Saia”.

O grande papel viria em 85 na novela “Roque Santeiro”, como o da eterna virgem Mocinha. Após quatro anos afastada da TV participa de “O Salvador da Pátria”, no papel de Ângela. Em 1991, Lucinha vive a Roberta de “Mundo da Lua” e a Vanda de “O Dono do Mundo”; em 92, é a Marta de “Despedida de Solteiro”; e em 93, dá vida à Laurinda de “Fera Ferida”. Já em 94 é bastante elogiada pelo papel de Estela de “A Viagem”. No mesmo ano, sai da Globo e vai para o SBT onde atua em “As Pupilas do Senhor Reitor” e “Sangue do Meu Sangue”.

Dois anos depois, migra para a Band e interpreta a Lali de “Perdidos de Amor”. Em 97, retorna para a Globo; em 99, estreia na Record em “Tiro & Queda”. Em 2000, Lucinha volta de novo para a emissora carioca onde acumula três papéis seguidos – destaque para a Lucrécia de “Estrela-Guia”. Quatro anos se passam e a atriz vive a Branca de “Esmeralda”, no SBT. Em 2006, retorna para a Record e atua em “Vidas Opostas”. Mais um grande papel viria em “Chamas da Vida”, como a vilã Vilma.

No ano de 2014, é a Zuzu de “Vitória”. Lucinha Lins acumula ainda a peça ‘Sempre, sempre mais’, o musical ‘O corsário do Rei’ e cinco filmes – como ‘Os saltimbancos trapalhões’ e ‘Amor voraz’, além de três discos gravados, fora as participações em vários outros.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 09/01/2012 por em Perfil.

principais seções

TODAS AS CATEGORIAS

O ‘CENTRAL’ APOIA

SIGA NO TWITTER

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 39 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: