central de notícias

especializado em TV/por Guilherme Guidorizzi

Top 10 – Novelas de época

centraldenoticias-top10O Top 10 recorda agora as melhores novelas de época já exibidas pela televisão.

  1. ÉRAMOS SEIS - Baseada na obra da senhora Maria José Dupret, a novela já foi produzida quatro vezes, a última pelo SBT, em 1994. O romance conta a história de dona Lola e sua família na São Paulo dos anos 20, desde a época de recém-casada até a terceira idade, viúva e abandonada pelos filhos. A trama chega a citar a revolução constitucionalista de 1932, onde Carlos, o primogênito, é assassinado.

  2. VIDA NOVA – De Benedito Ruy Barbosa, a novela foi exibida pela Globo entre novembro de 88 a maio de 89, e se iniciava, em São Paulo, no fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945. A ex-prostituta Lalá despertava a paixão em Antonio Sapateiro e o romance proibido entre o português Manoel Victor e a judia Ruth, por causa do aspecto religioso. “Vida Nova” marcou ainda a despedida de Lauro Corona; ele morreria pouco tempo depois

  3. (A) ESCRAVA ISAURA - Foi a partir da obra de Bernardo Guimarães, que Globo e Record produziram a saga da escrava branca. Gilberto Braga, nos anos 70, e Tiago Santiago e Anamaria Nunes, na década atual, foram os responsáveis pelas versões. Em 1835, nascia Isaura, filha de uma escrava com um feitor, que perde a mãe após o parto e faz Leôncio se apaixonar perdidamente por ela. Apesar disso, o vilão não poupa Isaura de suas maldades, após recapturar a moça.

  4. DONA BEIJA - Reprisada atualmente pelo SBT, a novela de Wilson Aguiar Filho foi inspirada em livros de Thomas Leonardos e Agripa Vasconcelos. Após perder a mãe e os avós, Beija é vítima do ouvidor do rei em visita à sua terra, Araxá, no século 19. Como forma de vingança, Beija passa a servir os homens em troca de joias preciosas e ouro. Ao se separar do ouvidor, Beija retorna para Araxá e abre um luxuoso bordel, despertando a ira da população conservadora.

  5. DIREITO DE AMAR - Entre fevereiro e setembro de 87, a Globo exibiu a novela de Walter Negrão, tendo Glória Pires e Lauro Corona nos papéis principais e Carlos Vereza, como o maior vilão da trama. A história se passava no início do século passado, no Rio de Janeiro e mostra um industrial que se vê forçado a casar a filha com o maquiavélico Francisco de Montserrat, por conta de uma dívida. A moça, porém, acaba se apaixona pelo filho de Montserrat numa festa de réveillon. “Direito de Amar” foi baseada numa rádionovela de Janete Clair, ‘A Dama das Trevas’

  6. XICA DA SILVA – Um dos últimos sucessos da Manchete revelou Taís Araújo como primeira protagonista negra da história da telenovela brasileira. Escrita por Walcyr Carrasco, “Xica da Silva” foi baseada em outro romance de Agripina Vasconcellos e narrava a trajetória da escrava que virava rainha no século 18, que escandalizou a ‘moral’ e ‘bons costumes’, ao conquistar um marido rico. Entre os diversos obstáculos está Violante, a grande vilã da novela

  7. ALMA GÊMEA - Também de Walcyr Carrasco, a trama exibida em 2005 trazia o romance de dois jovens – um botânico e uma bailarina – em duas encarnações, a primeira nos anos 20, e a segunda, na década de 40. Nos papéis principais, Eduardo Moscovis e Priscila Fantin. A novela trazia ainda doses de humor com os personagens de Malvino Salvador e Drica Moraes.

  8. CIRANDA DE PEDRA - O romance de Lygia Fagundes Telles já teve duas versões – 1981, de Teixeira Filho, e 2008, de Alcides Nogueira. Em São Paulo, no ano de 1958, Laura e Natércio formavam, ao lado das três filhas – Otávia, Bruna e Virgínia – um dos casais mais invejados pela sociedade. Sofrendo de distúrbios emocionais, Laura se consulta com Daniel, por quem irá se apaixonar.

  9. KANANGA DO JAPÃO - Wilson Aguir Filho escreveu esta história da Manchete levada ao ar em 1989, baseada no original de Adolpho Bloch e Carlos Heitor Cony, se passava no Rio de Janeiro, nos anos 30, na Praça 15. No local, o Grêmio Recreativo Familiar Kananga do Japão se destacava por suas rodas de samba e gafieira. No local, Dora – cuja família perdeu as economias com a crise de 29 – conhece Alex  – um milionário – e se tornam a sensção das pistas. Raul Gazolla e Christiane Torloni estavam nos papéis centrais.

  10. AS PUPILAS DO SENHOR REITOR - A história de Júlio Diniz já teve várias versões, entre elas a última, de Lauro César Muniz, no SBT, em 1994. “Pupilas” trazia a história se passa na aldeia de Póvoa do Varzim, em Portugal, onde moça órfã vai viver com a meia-irmã, filha de sua madrasta. Com a morte desta, o padre do povoado passa a se tornar responsável pela educação das moças. Uma delas, Clara, se apaixona por homem simples, Pedro, enquanto Guida é prometida de Daniel, médico conceituado.

About these ads

Um comentário em “Top 10 – Novelas de época

  1. Daniel Kogrossy
    23/10/2013

    Faltou a INESQUECÍVEL
    Chocolate com pimenta .
    Assistiria 10 vezes .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 03/05/2009 por em Televisão, Top 10.

principais seções

TODAS AS CATEGORIAS

O ‘CENTRAL’ APOIA

SIGA NO TWITTER

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 36 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: